Caxias recebe seminário que ensina como migrar legalmente para os EUA

0
11

Encontro ocorre no dia 29 de novembro, no Intercity. As inscrições são gratuitas. 😍

O desejo de viver em um país com uma economia mais estável e com melhores oportunidades de educação motiva muitas famílias brasileiras a cogitarem uma migração para os Estados Unidos. Muitas vezes, porém, essa pretensão pelo Green Card esbarra em uma série de burocracias e o sonho parece ser impossível de ser alcançado. Por meio do Programa EB-5, porém, a migração legal e definitiva para os Estados Unidos é uma realidade.

O visto americano nesta modalidade é baseado na geração de empregos. Os interessados, portanto, precisam investir em um novo empreendimento comercial nos Estados Unidos de forma direta ou indireta. Para esclarecer todas as dúvidas de potenciais investidores sobre o Programa EB-5, Caxias do Sul recebe o Seminário Investir e Migrar para os EUA, dia 29 de novembro, às 18h30min, no Intercity.

O advogado George Cunha, titular do escritório de Advocacia Internacional George Cunha é quem vai detalhar os passos a serem seguidos para obtenção desse visto permanente, o Green Card. O escritório foi escolhido pela UGlobal e pela EB5 Investors Magazine nos Estados Unidos como um dos 100 melhores escritórios de imigração do mundo. “Incluímos Caxias do Sul na programação do seminário porque a cidade é um grande polo de desenvolvimento. Percebemos, por meio de pesquisas e estatísticas, que a região conta com vários potenciais interessados no programa”, explica Cunha.

O visto EB-5 não é destinado apenas para quem deseja migrar para os Estados Unidos com a família toda. Os investidores que desejam, por exemplo, enviar apenas os seus filhos para estudarem nas universidades americanas também podem recorrer ao programa. “O interessante é que com o E-B5 o estudante não precisa retornar ao país de origem depois que encerra os estudos, como é o caso do visto F1, que é o mais usado. Vale lembrar ainda que das 20 melhores universidades do mundo, 16 estão localizadas nos Estados Unidos. Estima-se que o atraso do Brasil em relação aos Estados Unidos, tanto em PIB (Produto Interno Bruto), quanto em educação, é de cerca de 40 anos”, destaca Cunha.

Como funciona o programa

O visto EB-5 (Employment-Based Immigration) foi criado pelo governo americano no começo da década de 1990 e tem como objetivo principal aumentar o fluxo de captação de recursos financeiros de investidores estrangeiros, além de fomentar o comércio e a indústria de áreas menos desenvolvidas do território americano. O principal requisito do programa é que o investidor aporte a quantia de US$ 500 mil em um novo empreendimento comercial americano de forma direta ou indireta. O negócio deve gerar, no mínimo, 10 novas vagas de trabalho durante o período mínimo de dois anos.

Em troca desse investimento, o governo americano oferece ao investidor, ao cônjuge e aos filhos com menos de 21 anos de idade, a possibilidade de receberem o Green Card para morarem e viverem legalmente nos Estados Unidos. “Quando bem assessorados, os investidores recebem, ainda no 5° ano, o retorno do valor aportado”, ressalta Cunha.

Conforme dados levantados pelo advogado, cresce cada vez mais o número de investidores que aderem ao programa EB-5. Em 2016, 152 brasileiros migraram por essa modalidade, enquanto em 2017 foram 282. Neste ano, o número deve ultrapassar a marca dos 300 investidores. No Rio Grande do Sul, além de Caxias, o Seminário Investir e Migrar para os EUA vai passar por Porto Alegre. As inscrições são gratuitas e as vagas são limitadas.

Serviço:

O que: Seminário Investir e Migrar para os EUA

Quando: 29 de novembro, 18h30min

Onde: Hotel Intercity Caxias do Sul (Av. Therezinha Pauletti Sanvitto, 333)

Inscrições: As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.programaeb5.com.br/eventos. As vagas são limitadas.